Entendendo a luz e a composição para fazer fotos memóraveis com drones

Tempo de leitura: 4 minutos

A luz é o principal elemento da fotografia, portanto não pode ser removida da composição. Como fotógrafo compomos primeiro com a luz e depois com os objetos e elementos.
No entanto, para produzir grandes fotografias precisamos mais do que simplesmente uma luz, assim como um chefe de cozinha necessita de ingredientes frescos para fazer um prato saboroso. Precisamos de uma grande luz, uma luz mágica.


A qualidade da luz é oque você realmente precisa aprender a reconhecer e tirar proveito.


A qualidade da luz determina a qualidade da imagem. Grandes imagens tem como elemento principal a luz. Mas, obviamente, uma iluminação perfeita sozinha não é o suficiente para garantir uma boa imagem.

Já estive em situações em que fiz toda a programação para encontrar a melhor luz na locação, mas chegando lá, não visualizei elementos marcantes ou interessantes para compor uma  boa fotografia aérea.

Mas, certamente, não foi tempo perdido. Ter experiências com luzes grandiosas, como a de um arco-íris ou do nascer e por do sol, por exemplo, faz parte do desenvolvimento de um fotógrafo.
Este é um estágio de aprendizagem e de avaliação emocional quando se faz uma análise da profunda relevância da luz natural em uma cena.


Porém, este não é o estágio final.


O estágio final chega quando você testemunhar um evento natural extremamente bonito e conseguir manter suas emoções sob controle de modo que você não somente fotografe, mas também, componha uma imagem em que suas emoções e a grandiosidade da luz refletida nos elementos da paisagem estejam presentes e possam ser divididas com seu público.

A luz pode mudar uma paisagem de várias maneiras. E é sobre isso que falarei nos próximos posts. Os diferentes tipos de luz e como interferem na paisagem e na composição da imagem.


Clique AQUI e baixe gratuitamente o seu eBook, Drone e Fotografia de Paisagem, e tenha acesso a dicas preciosas.


LUZ DIRECIONAL

Uma paisagem possui formas e dimensões profundas, mas uma fotografia não tem nada disso. Ela é plana e bidimensional. Para conseguir registrar uma fotografia aérea de paisagem, por exemplo, você precisa reconhecer essa limitação e trabalhar para criar uma impressão de profundidade, forma e dimensão na imagem. A luz direcional irá lhe ajudar muito na construção dessa imagem.

Mas oque é e como reconhecer a Luz Direcional?

Luz Direcional é simplesmente uma luz que aparece no início e no final do dia e que cria e direciona as sombras na imagem dando a ela uma visão tridimensional.

Veja a fotografia que tirei na final do dia na Restinga de Marambaia (Rio de Janeiro). É tipicamente uma luz direcional, com sobras e nuances de luz que dão profundidade a imagem.

Entendendo a luz e a composição para fazer fotos memóraveis com drones
Luz Direcional na Restinga de Marambaia, Rio de Janeiro

 


Sempre que for fotografar uma cena, estude-a! Perceba a luz e a direção dela e tire proveito disso.


Os 4 efeitos que a luz direcional pode trazer para uma cena:

Define a forma tridimensional: com a luz em um dos lados de um morro, por exemplo, a sombra é projetada do outro lado e a composição de luz e sombra cria forma.

Insere destaque na água: Bom, isso pode ser bom ou ruim. Água cintilante pode ser muito atraente, mas se a luz for forte demais ela pode se tornar uma distração e saturar a imagem, como um clarão de luz. Na imagem abaixo a luz direcional ressalta sombras e luz na Enseada de Botafogo.

Entendendo a luz e a composição para fazer fotos memóraveis com drones
Enseada de Botafogo, Rio de Janeiro

Adiciona destaque a cena: estudar a cena é importante. Área claras atraem o olhar do observador, portanto destacar estes pontos podem ajudar.

Cria Sombras longas: sombras longas são ótimas para compor uma imagem. Dão muita liberdade de criação. Veja a fotografia dos Camelos em Cable Beach, oeste da Austrália fotografado por Todd Kennedy.

Entendendo a luz e a composição para fazer fotos memóraveis com drones
Camelos em Cable Beach, Austrália. @ Todd Kennedy.

 


Não deixe de ler a 2ª e 3ª partes sobre Luz e Composição, seguem os links:


Se esta dica foi útil para você, poderia, por favor, deixar um comentário e/ou compartilhar nas mídias sociais? Além disso se você tiver qualquer dica sobre fotografia e vídeo com drones e queira dividir com os leitores da Drone in Art, envie um email  com sua proposta para  contato@droneinart.com. Seu artigo poderá ser publicado e visto por muitas pessoas.


Este blog é um hobby feito com muita dedicação e seu apoio realmente ajudará a mantê-lo no ar.

Forte abraço!

Gustavo Stachlewski Torres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *