8 Dicas para se obter a melhor foto com drone

Tempo de leitura: 4 minutos

 

8 Dicas fantásticas para se obter as melhores fotografias com drones. Praia da Joatinga, Rio de Janeiro. Drone Phantom 4. 8 Dicas para se obter a melhor foto com drone
Praia da Joatinga, Rio de Janeiro. Drone Phantom 4

As câmeras embarcadas nos Drones (mais profissionais) geralmente são de boa qualidade, o Phantom4 (da fabricante chinesa DJI), por exemplo, tem resolução de 12 Mpx e fotografa em RAW o que é excelente, mas o nível de ruído e o foco deixam um pouco a desejar. Para minimizar esses fatores procuro seguir algumas “regras”. Confira a seguir  as 8 dicas para se obter o melhor em seus voos com drones.

 

1ª Dica.

Fotografe em RAW

Você já deve ter escutado sobre a importância de se fotografar em RAW, sobretudo quando sua câmera tem apenas 12 MB. A compressão gerada pelo arquivo JPG seria muito destrutiva para trabalhar a imagem no pós-processamento, portanto se tiver a opção de fotografar em RAW, use-a!

2ª Dica.

Fotografe no modo Manual

Eu sempre prefiro o modo manual! Com ele temos mais controle sobre a fotografia podendo escolher o ISO e a velocidade de disparo, além de habilitar o histograma. No aplicativo da DJI, para o Phantom4, já é possível ver no visor as áreas sub e/ou superexpostas.

3ª Dica.

ISO: Qual utilizar?

No caso do Phantom4 os valores de ISO variam de 100 a 1600. Minha sugestão é fotografar com o ISO de menor valor a fim de minimizar o ruído (granulação na fotografia). Em situações de muita luz isso não será um problema, mas em situações contrárias, antes de aumentar o ISO, tente ajustar a fotometria variando a velocidade do obturador.

4ª Dica.

Utilize o módulo

Braketing da sua câmera

O bracketing é uma técnica utilizada para fotografar a mesma cena repetidas vezes variando as exposições. Normalmente são três exposições, onde uma é balanceada (de acordo com o fotômetro da câmera), uma é de maior exposição e outra demenor exposição.

A razão de utiliza-lo é a seguinte: caso você erre a fotometria na fotografia principal terá a chance de acertar nas demais;

Você poderá, em programas de pós-processamento, criar fotografias com alto range dinâmico, o chamado HDR (High Dynamic Range). Esta técnica nos permite recuperar detalhes nas zonas de baixas e altas luzes.

8 Dicas fantásticas para se obter as melhores fotografias com drones. rio184012211-editar. 8 Dicas para se obter a melhor foto com drone

5ª Dica.

O Drone Oscila

Na medida em que ganhamos altura os ventos ficam mais fortes e mesmo com toda a tecnologia e excelência na estabilização das câmeras, haverá oscilações. Para fotografias de longa exposição o ideal é não ultrapassar os 3 segundos de velocidade e voar a baixas altitudes a fim de evitar tremores indesejáveis em sua fotografia.

6ª Dica.

Para cima, para baixo, para um lado e para o outro!

Uma das vantagens do Drone é a possibilidade de se fotografar a 1 metro do chão ou a 300m dele e em diferentes ângulos. Essa variação de perspectiva nos possibilita uma infinidade de composições, revelando texturas, cores e formas diferentes a cada metro. Portanto, explore-as ao máximo!

7ª Dica.

Use Filtros, mas nem sempre!

Costumo utilizar filtros de densidade neutra (ND) para aquisição de vídeos. Eles dão um ar mais cinematográfico para as imagens, uma vez que consigo bloquear parte da luz que entra no visor da câmera e fotografar cada quadro (fps) com menor velocidade de disparo. Além disso, filtros ND diminuem o efeito Rolling shutter e flare.

Mas, em situações de pouca luz, não é aconselhável utilizá-los, pois como bloqueiam parte da luz, você terá que trabalhar com velocidades menores podendo causar tremores.

Para fotografia, esses filtros são, para não dizer outra coisa, complicados de usar. Nem sempre teremos o resultado esperado, uma vez que não temos o controle sobre ele na cena, ou seja, ele atuará tanto na área subexposta, deixando-a ainda mais subexposta, quanto na área superexposta.

Com o filtro de polarização circular também teremos problemas. Se você já utilizou um filtro polarizador sabe que precisamos girá-lo para polarizar a luz! No Drone não temos este controle, portanto torna-se dispensável.

8ª Dica.

Pós – Processamento

Como trabalhamos com o negativo digital (RAW) é necessária a “revelação” da fotografia em programas de edição.  Gosto de editar minhas imagens em programas como o Lightroom e o Nik Collection da Google, este último gratuito. Android).

Para quem prefere editar utilizando smartphones e tablets aconselho o uso do aplicativo Snapseed ou o VSCO, ambos gratuitos e disponíveis para as duas plataformas (IOS e Android).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *